Blog

  • A cidadania italiana tem sido muito procurada por brasileiros, seja para reencontrar a família, seja para garantir um futuro melhor ou até mesmo para poder aproveitar o turismo sem preocupações.

    Muita gente tem direito a esta cidadania, mas não entende muito sobre como o pedido é feito. É possível escolher a via mais conveniente para o processo? O assunto é sempre pauta para muitas dúvidas...


  • Existe muita confusão sobre o assunto. Muitas pessoas me escrevem perguntando o que fazer para ter o passaporte italiano. A resposta é simples: se você já é cidadão italiano, precisa ir ao Consulado italiano e pedir a emissão do passaporte. Simples, não é mesmo? Mas se você ainda não for cidadão italiano, vai ter que fazer primeiro o reconhecimento da sua cidadania para depois requerer o passaporte italiano...


  • Preparar a documentação para o processo de cidadania italiana pode parecer complicado para quem não está acostumado a lidar com tarefas burocráticas. Todo documento brasileiro apresentado no exterior deve passar por uma legalização, seja ela consular ou através de Apostila. O que é Apostila e para que serve?...


  • A CNN (Certidão Negativa de Naturalização) é um dos documentos fundamentais para o reconhecimento da cidadania italiana por descendência.  É através dela que se comprova que o antenato italiano que imigrou no Brasil nunca se naturalizou brasileiro.

    O que isso significa em termos legais? De acordo com a lei italiana em vigor na época dos nossos ascendentes...


  • Uma das perguntas mais frequentes que chegam até mim é sobre a necessidade de retificação das certidões brasileiras usadas no processo de reconhecimento da cidadania italiana. O tema é delicado, justamente porque não existe uma regra infalível. Nem todo erro precisa ser corrigido e a real necessidade de retificação vai depender de vários fatores. Faço algumas observações...


  • Recebo com frequência e-mails de pessoas perguntando se possuem direito à cidadania italiana e como fazem para obter tal reconhecimento. Se a descendência não tiver impedimentos legais, o processo de reconhecimento da cidadania deve ser feito por via administrativa através da autoridade consular de jurisdição ou Comune de residência...